sábado, 9 de fevereiro de 2013


Mãos dadas...

Dá-me a tua mão,
junta a tua à minha,
quero entrelaçar nossos dedos,
enquanto o nosso corpo caminha...
vamos passear de mãos dadas,
amor que eu tanto quero,
não há coisa mais bonita,
não há gesto mais 
sincero...
Sinto o calor do teu corpo,
se infiltrando no meu,
enquanto nossas mãos 
namorando,
encarceram o meu destino 
no teu...
As ruas não são mais ruas,
aquelas por onde 
passamos,
são retratos de um amor,
que mão na mão 
inventamos... 


Ártemis 

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia. Não acha que deveria pedir autorização ao donos das publicações, para os postar nos seu blog? E se fosse autorizado, fazer um link ao blog de onde as retira? Ou fazer referencia ao blog do proprietário? A mim parece-me de muito mau gosto. Obrigado pela atenção que certamente vai dedicar a esta minha observação.

    Paulo Mamede

    ResponderExcluir